Albânia abre caminho para a Cannabis medicinal e industrial: Legalização é aprovada por ampla maioria no parlamento

Com grande surpresa, o parlamento da Albânia aprovou uma decisão histórica, legalizando o uso da Cannabis para fins medicinais e industriais. Essa mudança representa uma significativa virada para o país, que já foi conhecido como um centro de tráfico de maconha na Europa.

A votação parlamentar a favor da aprovação do cultivo limitado e controlado de plantas de Cannabis foi de 69 a 23. Esse projeto de lei já havia recebido o aval do Conselho de Ministros da Albânia um mês antes.

A legislação tem como objetivo estabelecer uma agência reguladora para supervisionar o cultivo, produção, processamento e exportação de Cannabis e seus derivados, sendo apoiada pelo Conselho de Ministros.

Em julho de 2022, o governo albanês apresentou o primeiro projeto de lei, seguido por uma segunda proposta no mesmo ano. O primeiro-ministro Edi Rama realizou uma pesquisa nacional no início deste ano, revelando que 61% dos entrevistados eram a favor da legalização da substância para fins medicinais e industriais.

Com a nova lei, a Albânia se une a um crescente número de países que reconhecem os benefícios médicos da cannabis e buscam regular sua utilização de forma responsável. A legalização da Cannabis medicinal e industrial pode ter um impacto positivo na saúde pública e na economia do país, ao mesmo tempo em que proporciona uma alternativa viável para pacientes que buscam alívio para diversas condições médicas.

SAC