Anvisa simplifica importação de produtos a base de Cannabis

O aumento do número de pedidos estava atrasando a aprovação dos cadastros. Com as mudanças, uma Agência de espera de prazo de até cinco dias úteis para aprovação

A espera por aprovação para importação de produtos a base de Cannabis deve passar a ser de até cinco dias úteis em novembro. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou novas regras com o objetivo de acelerar o processo.

Antes, a aprovação do cadastro do consumidor passava por vários setores dentro da Anvisa e, a partir de agora, será concentrado em apenas um setor. Além disso, a aprovação pode ser automática para os produtos que já seleccionados em uma lista da Agência.

Atualmente, a espera é de 15 dias úteis, o que prejudica o tratamento dos pacientes. A demora se dá principalmente pelo aumento do número de pedidos, que passou de 896, em 2015, para 19.074, em 2020, e, até setembro de 2021, chegou a 22.028.

As mudanças foram feitas através da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 570/2021, que altera a RDC 335/2020. Ainda segundo a RDC 570, a validação da receita passa a ser de seis meses.

As decisões serão esclarecidas de forma detalhada em um Webinar ainda marcado pela Anvisa.

Todas as Publicações...

TRANSPARÊNCIA

Nos informe seus dados para que possamos te encaminhar nossa transparência.

OUVIDORIA

A Ouvidoria da Abrace tem como objetivo atender e solucionar os problemas relacionados aos diversos tipos de atendimento prestados

SAC