Abrace inicia projeto “Uma árvore, uma vida”

Abrace inicia projeto “Uma árvore, uma vida”

A Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) iniciou, nesta quinta-feira, 05, o projeto “Uma árvore, uma vida”. O prefeito Cícero Lucena plantou a primeira muda doada pela Abrace no Parque Solon de Lucena, centro de João Pessoa.

A capital paraibana recebeu um total de mil mudas de Ipê entregues pela Associação que serão plantadas pela cidade. Outras 19 mil mudas serão encaminhas para as casas dos associados em todo o Brasil por meio dos Correios, com todas as informações de como proceder.

O dia 05 de agosto foi escolhido como forma de homenagear João Pessoa pelos seus 436 anos de emancipação política comemorados nesta data. Foi na capital paraibana onde o sonho de salvar vidas foi iniciado e cresceu dando qualidade de vida a mais de 23 mil associados atualmente.

O co-fundador da Abrace, Luciano Lima, falou que são 20 mil famílias lutando pela vida, nem os verdadeiros campeões vivem de vitórias e que as derrotas nos servem de lições e com elas, aprendemos que ganhar é preciso.

“Mas para isso a gente precisa aprender a competir, aprender então principalmente a planejar, organizar, sermos disciplinados e o mais importante de tudo: ter uma meta. O que faz a Abrace alcançar 20 mil famílias é o verdadeiro trabalho que ela faz, a cada amanhecer é uma vitória que Deus nos dá para que possamos alcançar não só 20 mil famílias, mas 30, 40, 50 mil famílias, esse é o trabalho da Abrace. Salvar vidas é a nossa maior missão”, declarou.

A presidente da Abrace, Viviane Maria Nunes Machado, também esteve presente no evento. Ela afirmou que este número de associados alcançado é um marco, já que são pessoas que voltaram a viver com o auxílio da Cannabis.

“É muito gratificante saber que estamos ajudando tanta gente a ter qualidade de vida”, falou a presidente. A Abrace começou a luta por poder disponibilizar os produtos a base de Cannabis em 2015 e conquistou a autorização da Justiça Federal para plantar, colher, manusear e distribuir os produtos em 2017.

Tendo a possibilidade de salvar cada vez mais vidas, a ONG planeja crescer e poder alcançar todos que precisam, inclusive os bichinhos de estimação. “O futuro é continuar ajudando cada vez mais, para o bem dessas e outras que precisam de nós. Agora vamos lutar para também ajudar os Pet”.