Abrace recebe visita de representantes da AbraRio e da Apepi

Abrace recebe visita de representantes da AbraRio e da Apepi

Os visitantes puderam conhecer todo o trabalho desempenhado pela Abrace, desde a plantação até a produção de óleos, sprays e pomadas a base de Cannabis

A Associação Brasileira de Apoio à Cannabis Esperança (Abrace), nesta semana, uma visita de representantes da Associação Brasileira de Acesso a Cannabis Medicinal do Rio de Janeiro (AbraRio) e da Associação de Apoio à Pesquisa e os Pacientes de Cannabis Medicinal (Apepi).  O objetivo foi conhecer de perto o trabalho desempenhado pela Abrace e levar este conhecimento para replicar.

Da AbraRio, foram recebidos o diretor executivo, Fabrício do Valle, e o gerente de farmácia, Alex Oliveira, e da Apepi, os diretores, Margarete Brito e Marcos Lins, farmacêutica, Claudete Oliveira, e o cultivador, Raphael Meduza. A união entre as associações de busca levar qualidade de vida para cada vez mais pessoas.

“A visita à Abrace foi um momento único e incrível. Fomos muito bem recebidos e a recepção de todos por onde se passa é algo inexplicável. Ouvir os relatos sobre a Abrace já é algo que surpreende, agora quando você vê a dimensão do que a Abrace se tornou encantador ”, afirmou a presidente da AbraRio, Marilene Esperança.

Ela falou que foram dias de muito estudo, com imagens que ficarão na cabeça e farão parte da vida para sempre. Do plantio à produção de óleos, sprays e pomadas à base de Cannabis, os visitantes puderam ver todo o manejo da Cannabis e os atendimentos aos pacientes.

“Todos os momentos e aprendizados servirão de estímulo e conhecimento para levar a AbraRio ao mesmo sucesso ou parecido com o que a Abrace se tornado. Iguais nunca seremos, afinal cada um tem seu jeito de pensar, de agir, de formalizar, mas com certeza faremos o melhor possível para levar o máximo de novidades positivas para um AbraRio, afinal o que é bom se cópia ”, especial.

A Abrace foi a primeira associação a conquistar o direito de levar tratamento a milhares de brasileiros e torce para que em breve seja apenas uma das que podem garantir a felicidade no dia a dia de tantas pessoas que precisam da Cannabis.

“Com toda a certeza, a Abrace é um exemplo e inspiração para todas as outras associações. Não tem o que questionar, ignorância seria não levar o melhor que a Abrace oferece, pois não é à toa que é a pioneira em todo o Brasil. A sua humildade, a sua luta, a sua batalha diária é o que transforma”, finalizou a presidente da AbraRio.

Margarete Brito falou que será feita a adaptação do sistema Legacy, junto com a equipe da Abrace, para controle de toda cadeia produtiva da Apepi, da semente ao paciente. A ideia é tornar possível a rastreabilidade.

“É sempre muito importante a troca de saberes entre as Associações. Cada região do Brasil tem as suas especificidades de clima, solo e cada Associação tem diferentes tipos de manejos e plantas com quimeotipos diferentes também. Mas apesar das diferenças e especificidades de cada uma, temos coisas em comum e aí precisamos nos unir. A troca de experiências entre os coordenadores, farmacêuticos e cultivadores da Apepi e Abrace, as