Análise mostra que Planta Padre Ticão é rica em canabinoides

Análise mostra que Planta Padre Ticão é rica em canabinoides

Análise mostra que Planta Padre Ticão é rica em canabinoides

A planta tem concentração de 688,0 mg/g (68,8%) de canabidiol (CBD) e 32,5 mg/g (3,2%) de tetrahidrocanabinol (THC).

Por Rede Abracom

Uma análise realizada esta semana mostrou que a planta batizada com o nome do Padre Ticão tem concentração de 688,0 mg/g (68,8%) de canabidiol (CBD) e 32,5 mg/g (3,2%) de tetrahidrocanabinol (THC). Assim, a planta se mostrou rica em Canabinoides Totais com 720,4 mg/g (72,0%).

A planta Padre Ticão é cultivada pela Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace). Ela vem demonstrando grandes possibilidades de utilização nos tratamentos dos associados.

O Padre Ticão foi homenageado pela Abrace por sua luta pela garantia de acesso à Cannabis Medicinal para todos que precisam. Antonio Luiz Marchioni, conhecido como Padre Ticão, morreu em janeiro, aos 68 anos, em decorrência de problemas cardíacos.

Ele foi uma liderança religiosa e social na zona leste de São Paulo e era pároco da Paróquia de São Francisco de Assis, em Ermelino Matarazzo, desde 1982. O padre tinha forte atuação nos movimentos de moradia e assumiu a defesa pelo uso medicinal da Cannabis, foi criticado e até ameaçado.

Em entrevista em 2019 à revista Carta Capital, o padre falou: “Não vou dizer que Deus é maconheiro, eu realmente não sei. Mas com certeza ele é canabista”.