Evidências científicas mostram que a cannabis não causa danos cerebrais, caso você esteja se perguntando

Evidências científicas mostram que a cannabis não causa danos cerebrais, caso você esteja se perguntando

Vários estudos recentes confirmaram que o uso da cannabis por si só não afeta a saúde do cérebro, mas o uso pesado de álcool e outras drogas pode representar sérios riscos.

Uma equipe de pesquisadores da Austrália e da Holanda acaba de publicar um novo estudo que desmascara ainda mais o mito de que o uso regular de cannabis causa danos cerebrais.

O novo estudo (https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34402136/), que acaba de ser publicado no jornal Addiction Biology, explora se o uso de cannabis a longo prazo pode prejudicar a integridade da substância branca no cérebro. Os pesquisadores sabem relativamente pouco sobre o papel da substância branca, mas agora acreditam que danos ou disfunções nessa parte do cérebro podem levar ao comprometimento cognitivo, esclerose múltipla, Alzheimer e depressão.

A maioria das pesquisas sobre o abuso de drogas de longo prazo se concentrou na substância cinzenta, que está associada ao controle muscular, aos sentidos e à função cognitiva superior, mas um número crescente de pesquisadores está investigando como o uso de substâncias pode afetar a substância branca. Um estudo de 2019, sugere que o uso regular de certas drogas, especialmente álcool, opiáceos e cocaína, pode diminuir a coerência da substância branca, podendo causar declínio cognitivo.

Pesquisas anteriores sobre os efeitos da cannabis na integridade da substância branca foram amplamente inconclusivas. Alguns estudos (https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26602958/), encontraram uma ligação entre o uso de cannabis e os danos à substância branca, mas os pesquisadores não levaram em consideração se os indivíduos estavam usando outras drogas ou sofrendo de problemas de saúde mental pré-existentes.

No presente estudo, os pesquisadores usaram imagem por tensor de difusão para medir a integridade da substância branca de 39 usuários diários de cannabis e 28 não usuários. Para evitar os fatores de confusão de pesquisas anteriores, os autores do estudo garantiram que todos os sujeitos do estudo fossem pareados em termos de idade, sexo, saúde mental e uso de álcool ou tabaco.

Uma análise completa revelou que a substância branca dos usuários de cannabis era tão saudável quanto aqueles que se abstinham. “A microestrutura da substância branca não diferiu entre usuários de cannabis e controles e não covaria com o uso recente de cannabis, gravidade da dependência ou duração do uso”, concluíram os autores do estudo. “Essas descobertas sugerem que o uso de cannabis quase diário em longo prazo não afeta necessariamente a microestrutura da substância branca.”

Muitos dos mitos anti-cannabis comumente circulados por proibicionistas e pais preocupados, são baseados em estudos mais antigos que são totalmente falhos ou foram mal interpretados pela mídia.

Muitos dos mitos anti-cannabis comumente circulados por proibicionistas e pais preocupados, são baseados em estudos mais antigos que são totalmente falhos ou foram mal interpretados pela mídia.

Pesquisadores recentemente refutaram estudos mais antigos, sugerindo que o uso de maconha por adolescentes pode diminuir o QI, causar danos cerebrais ou diminuir a motivação . Vários estudos também concluíram que os déficits observados entre alguns usuários adolescentes de drogas são, na verdade, causados pelo abuso de álcool, não pela cannabis.

Os cientistas desmascararam vários outros mitos sobre a cannabis nos últimos dois anos. Estudos mais antigos encontraram ligações correlacionais entre o uso de cannabis e problemas de saúde mental, como depressão e esquizofrenia, mas pesquisas mais abrangentes demonstraram que a cannabis não aumenta o risco de doença mental . Os pesquisadores agora acreditam que as pessoas que estão lutando contra a saúde mental são, na verdade, mais propensas a usar cannabis ou outras drogas como forma de automedicação, e não o contrário.

O texto original pode ser acessado no link abaixo:

https://merryjane.com/news/scientific-evidence-shows-weed-doesnt-cause-brain-damage-in-case-you-were-wondering