Precisamos falar sobre a Importância da saúde mental

Precisamos falar sobre a Importância da saúde mental

em tempos de pandemia a manutenção da saúde mental e controle do estresse é de fundamental importância, e o uso dos canabinoides pode ajudar e muito

Nos últimos dias a atleta olímpica Simone Biles surpreendeu o mundo com sua declaração de que não iria competir nas finais de ginástica individual. Foi uma atitude corajosa, de auto respeito e auto preservação.

Na coletiva de imprensa, realizada no dia 27 de julho, Simone Biles revelou como se sente sobre sua saúde mental. "Assim que eu piso no tatame, sou só eu e a minha cabeça, lidando com demônios. Tenho de fazer o que é certo para mim e me concentrar na minha saúde mental e não prejudicar minha saúde e meu bem-estar", descreveu a ginasta.

A decisão da atleta foi sábia e deve servir de incentivo para quem precisa de um tempo. Qualquer pessoa está sujeita à algum tipo de transtorno mental durante sua vida, seja um simples estresse ou depressão, e claro é possível passar por isso e tirar uma boa lição de vida. Assim como manter o corpo em equilíbrio, através de atividades físicas regulares e alimentação saudável, a manutenção da boa forma mental nos ajuda a alcançar e manter um bom estado de qualidade vida.

Tanto os transtornos depressivos quanto os transtornos de ansiedade são condições comuns de saúde mental. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais de 264 milhões de pessoas tenham depressão clínica, no mundo. Com um aumento no potencial médico da cannabis e seus extratos (CBD e THC), mais pessoas estão se perguntando se a cannabis pode ser usada para controlar essas condições comuns de saúde mental. Pode sim, mas é necessário ter acompanhamento médico saber se há indicação para o paciente.

A psiquiatra e prescritora do uso medicinal da cannabis, Dra Ana Hounie, vê com bons olhos o tratamento para seus pacientes. “Os fitocanabinoides ajudam em vários aspectos da saúde mental: reduzem ansiedade, melhoram o humor e o sono, impactando na qualidade de vida geral, afirma a médica. Segundo a psiquiatra, apesar de ainda não haver estudos suficientes para indicação formal em transtornos de ansiedade ou depressão, ela percebe que em casos refratários pode ser indicada.

Cannabis e Saúde Mental

Durante décadas os medicamentos convencionais foram a principal opção no tratamento desses problemas de saúde mental. Mas o este cenário está mudando e mais pessoas estão buscando os derivados da Cannabis como alternativa para tratamentos refratários.

A ciência sabe que existem mais de 100 fitocanabinoides na planta e que muitos deles tem propriedades ansiolíticas comprovadas e resultados positivos em pacientes com problemas psicológicos, como depressão e transtorno de estresse pós-traumático e ansiedade. 

Muitos estudos já demonstram evidencias para melhorar não só a qualidade do sono, como também o ganho de peso em pacientes com anorexia nervosa, utilizando derivados da cannabis.

Listamos aqui dicas para ter uma saúde mental em alta:

– Cuide da alimentação

– Pratique atividade física

– Priorize o sono, as pausas e o descanso

– Faça detox digital, evite telas de computador e celular

– Esteja em contato com a natureza

– Procure um hobby ou atividades que dê prazer

– Desenvolva sua fé

– Conheça a si mesmo

– Ajude o próximo

#OleoEsperançaAbrace #saudemental #cuidese #Olimpiadas2021 #respeito #qualidadedevida #esportes #Solidariedade #inclusão