Voltei a tocar piano depois do tratamento com a cannabis conta músico

Voltei a tocar piano depois do tratamento com a cannabis conta músico

depois que a família Schettino iniciou o tratamento com o Óleo Esperança da Abrace a qualidade de vida melhorou, até a do mascote Kimo

Por Rede Abracom

Quando o paciente acometido por algum tipo de doenças crônicas inicia o tratamento medicinal com Cannabis a expectativa é grande, pois geralmente já se tentou o tratamento convencional, e na maioria dos casos sem sucesso ou com efeitos colaterais. Foi assim que a família Schettino chegou até a Abrace.

“Conheci a Abrace porque a minha filha quis encontrar soluções terapêuticas para garantir a qualidade de vida da minha esposa, diagnosticada com Alzheimer, e a minha”, conta o músico Bruno Geraldo Schettino, de 81 anos, que também faz tratamento com o Óleo Esperança da Abrace para depressão, doença pulmonar obstrutiva crônica e enfisema.

Uma das coisas que o sr Bruno mais gosta na vida é tocar instrumentos musicais como gaita e piano, e quem gosta de música, de baile é animado. Mas durante muito tempo ele se sentiu desanimado, sem vontade de tocar , com fadiga e crises respiratórias e inúmeras internações. Dias difíceis que ficaram no passo porque hoje as condições estão muito melhores. “Passei a ter uma nova vida, sou outro homem, respiro normalmente, não tenho mais nem sinal de depressão, meus pulmões estão excelentes e tenho animação total, estou normalíssimo, durmo bem, como bem, tenho muita satisfação em viver, me deu uma nova vida” contou animado.

Na parte respiratória o resultado também foi bastante positivo ao Bruno. Ele conta que tem muito mais folego e até voltou a cantar e tocar a gaita. Que qualidade vida merecida!

A Cannabis a trouxe de volta ao mundo

E sobre a melhora da esposa, Liberalina Schettino, ele diz que nem parece que ela tem Alzheimer, que o tratamento com o óleo trouxe vida nova para ambos. “A Cannabis a trouxe de volta mundo. Ela agora é mais participativa, canta, faz conta de somar, dança, é alegre, dorme bem, come bem, é outra pessoa”.

O resultado positivo do tratamento está sendo comemorado pela família toda, até pelo cãozinho Kimo, que também precisou iniciar a terapêutica por conta de um tumor. A tutora confessou que ele adora as gotinhas (sinal que faz bem, né)!

Bruno deixa uma mensagem para aqueles que estão pensando em iniciar o tratamento com a Cannabis, mas ainda tem algum tipo de resistência: “Quem quer ter outra qualidade de vida, quem está precisando de alguma ajuda, procure o tratamento com Cannabis. Melhora tudo no corpo humano, você fica outra pessoa, você nasce outra vez. Que tem depressão, Alzheimer, enfisema, quem tem dificuldade de respirar e outras doenças é uma coisa maravilhosa. É um santo remédio! A pessoa nasce de novo.”

As doações podem ser feitas pelo link http://www.benfeitoria.com/abracenaopodeparar