Cannabis pode ser usada no tratamento de hipertensão

A hipertensão é uma das doenças mais comuns entre os brasileiros e pode ser tratada com Cannabis Medicinal

Por Rede Abracom

A hipertensão arterial está entre as doenças que acometem mais pessoas em todo o mundo e no Brasil não é diferente. Segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), cerca de 30% dos brasileiros têm pressão alta e, por este motivo, estão mais propensos a ter problemas no coração. Este 17 de maio é o Dia Mundial da Hipertensão Arterial.

A tendência comum é que a pressão arterial suba com o decorrer do tempo, já que ao envelhecer, o corpo passa a ter enrijecimentos e microlesões nas paredes dos vasos sanguíneos, além de alterações de hormônios na menopausa, entre outros fatores. É por este motivo que é necessário ter maior cuidado no tratamento da hipertensão em idosos.

Um estudo, publicado no European Journal of Internal Medicine, contou com 26 pacientes idosos e procurou descobrir o impacto fisiológico da Cannabis Medicinal ao longo do tempo. Todos foram acompanhados três meses antes e três meses depois de iniciarem o uso e avaliados através de exames de sangue, eletrocardiogramas (ECG) e monitorização ambulatorial da pressão arterial (Mapa) de 24 horas.

Foi possível então identificar uma diminuição significativa da pressão arterial dos pacientes, principalmente três horas depois da ingestão da Cannabis. Dessa forma, o estudo mostrou que ela é uma boa alternativa para o tratamento da hipertensão.

É importante ressaltar que hipertensão é uma doença crônica e sem cura, mas é possível conviver e controlar os seus efeitos. Caso isto não seja feito, a pessoa fica mais propensa a infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Todas as Publicações...

TRANSPARÊNCIA

Nos informe seus dados para que possamos te encaminhar nossa transparência.

OUVIDORIA

A Ouvidoria da Abrace tem como objetivo atender e solucionar os problemas relacionados aos diversos tipos de atendimento prestados

SAC