Cannabis tem ajudado mulheres com endometriose no alívio de sintoma

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Fortes dores e impacto na qualidade de vida fazem parte da rotina de quem convive com a doença

Por: RedeAbracom com informações do Ministério da Saúde e UOL

De acordo com o Ministério da Saúde, uma em cada 10 mulheres têm endometriose. Essa doença é silenciosa e afeta as células do endométrio, que é o tecido que reveste o útero. Essas células devem ser expelidas na menstruação, mas quando elas se movimentam no sentido contrário, podem cair nos ovários ou cavidade abdominal, onde elas se multiplicam e causam sangramentos.

Entre os sintomas da endometriose, o Ministério da Saúde alerta para quem:

Sente dores nas relações sexuais
Dores e sangramentos intestinais e urinários durante a menstruação
Dificuldades em engravidar

O convívio com a dor para quem tem endometriose é regular, mas um recente estudo da Medical Cannabis Network afirmou que o uso terapêutico da C4nn4bis é capaz de reduzir sintomas e aliviar as dores crônicas

A médica Anestesiologista, Maria Teresa Jacob explica que o THC (Tetracanabinol) e CBD canabidiol, se ligam aos receptores do corpo, que possuem a mesma ação dos endocanabinoides, é através desta ligação que a C4nn4bis é capaz de auxiliar no tratamento dos sintomas das dores da endometriose, quando ele reduz o tecido de fora do útero e impedem sua migração para outras áreas do corpo.

Ainda segundo o Estudo, o órgão pélvico feminino tem grande quantidade de receptores dessas substâncias presentes na c4nn4bis e uma concentração de endocanabinoides maior que no cérebro, por isso, os resultados nas mulheres têm sido muito positivos.

As mulheres que sofrem de endometriose têm severas dores, principalmente durante a menstruação, impactando na qualidade de vida. Segundo a reportagem da Universa UOL, é estimado que cerca de 6 milhões de brasileiras convivam com as dores da endometriose, que não tem cura, mas tem tratamento e a C4nn4bis pode ser uma aliada na redução dos sintomas.

Últimas Publicações

SAC