Dia da Saúde Universal mostra insuficiência do serviço oferecido

O SUS não atende a todos que necessitam e, é por isto, que a Abrace faz a sua parte

Por Rede Abracom

Neste 12 de dezembro é celebrado o Dia Internacional da Saúde Universal. No Brasil, o atendimento às pessoas é feito através do Sistema Único de Saúde (SUS) com postos de saúde, para atendimento básico e vacinação, hospitais, para atendimento especializado, e farmácias públicas, para entrega de medicação.

De acordo com o Ministério da Saúde, são atendidos cerca de 190 milhões de pacientes, com 400 medicamentos essenciais, 984.103 internações em hospitais no último mês de outubro. Mas os números são insuficientes, principalmente porque não há cobertura para medicações como, por exemplo, a Cannabis.

Diz a Constituição Federal, em seu artigo 196, que a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Sabendo desta limitação do Poder Público, a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) dispões de produtos a custos mais baixos que os praticados nas farmácias de todo o país e com qualidade igual ou mesmo superior.

É importante ainda ressaltar, que mesmo tendo um valor mais baixo, a Abrace sabe que nem todos os brasileiros têm condições financeiras de arcar com essas despesas. É por este motivo que, para garantir o acesso universal, a Associação garante fornecimento gratuito de óleo, pomada e spray, de acordo com a receita médica, para as pessoas hipossuficientes. Isto quer dizer que é possível realizar o tratamento estando cadastrado.

A Associação conta hoje, aproximadamente, 1.250 pacientes isentos, sendo 271 parciais e 979 totais. Todos esses têm isenção de anuidade. Os isentos totais não precisam arcar com pagamento de produtos, enquanto os parciais pagam 50% do valor.

O objetivo é mesmo fazer com que a saúde chegue a todos, sem distinção, para que cada vez mais pessoas possam ter qualidade de vida utilizando a Cannabis. Para isso, basta entrar em contato com o atendimento da Abrace e cumprir os pré-requisitos necessários.

SAC