Diretor da Anvisa levará carta de pedidos ao colegiado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Alex Campos esteve presente na 1ª Sidaac e se comprometeu a colocar as sugestões das associações em debate na Agência

Por Rede Abracom

Foi realizada, em João Pessoa, a 1ª Semana de Integração Das Associações de Acesso à Cannabis (Sidaac). Durante o evento, foi entregue ao Diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Alex Campos, uma carta conjunta das associações com nove pedidos e sugestões para melhorar o trabalho desempenhado.

Alex Campos se comprometeu a levar a carta ao colegiado da Anvisa para que haja o debate. O documento foi assinado por mais de 30 associações de pacientes e familiares que utilizam a Cannabis em seus tratamentos.

“É uma obrigação da Anvisa receber e escrutinar esse documento, avaliar quais são as demandas que surgem em função dessa mobilização que teve lugar em João Pessoa. Esse debate vai ter lugar em algum momento dentro da diretoria colegiada, esse documento é muito caro e vamos avaliar com muita profundidade. Eu vou levar ao conhecimento de todos os diretores e às áreas técnicas da Agência”, assegurou.

O diretor da Anvisa esteve presente no Sidaac por dois dias. Durante este período, foram realizados debates e conversas para que a disponibilização da Cannabis possa ser realizada de maneira mais acessível para quem precisa.

“Primeiro um reconhecimento de que os dados da vida real, os resultados obtidos pelas famílias e pelos pacientes são uma informação que chega aos reguladores e gestores de saúde a todo instante, dando conta da necessidade da gente aprofundar, entender melhor, aproximar o trabalho da regulação daqueles que estão envolvidos nesse debate, não esquecendo das associações de pais e pacientes que têm mobilizado todas as instituições, executivo e o judiciário, em torno do debate sobre a Cannabis. É uma realidade já, sobre o olhar da ciência e da regulação”, declarou.

Ele citou a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 327 e informou que ela está em processo de revisão. As demandas entregues em carta pelas associações poderão ser incluídas nesta revisão, segundo adiantou o diretor.

A 1ª Sidaac teve como sede este ano a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace) e contou com a participação, além da Anvisa e das associações, de representantes do Ministério Público Federal (MPF), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Últimas Publicações

SAC