Hoje é o Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme

A doença causa fortes dores que podem ser tratadas com a ajuda da Cannabis

Por Rede Abracom

Nesta segunda-feira, 19, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de esclarecer sobre a patologia.

A Doença Falciforme (DF) é genética e hereditária e se caracteriza pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue (hemácias). As hemácias são arredondadas, e nas pessoas com DF, têm um formato de foice, o que dificulta a circulação e a chegada do oxigênio aos tecidos.

O diagnóstico é realizado com o teste do pezinho ainda na maternidade. O sintoma mais comum é a anemia, que é causada pela rápida destruição das hemácias, mas podem ocorrer também crises de dor, icterícia (amarelão), infecções e síndrome mão-pé (uma inflamação que faz com que tornozelos, punhos, dedos e articulações dos bebês fiquem inchados).

A doença pode ser curada através de transplante de medula óssea. Contudo, o transplante só deve ser feito em casos selecionados, avaliados pelo hematologista. A maioria dos pacientes é acompanhada clinicamente, sem transplante de medula.

A Cannabis pode ajudar no tratamento. O canabidiol auxilia na diminuição das dores com seu efeito analgésico, é o que mostrou um estudo realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, com 23 pacientes que realizaram o tratamento por inalação. Esta pesquisa randomizada, duplo-cega e controlada por placebo foi realizada em 2020.

SAC