Whatsapp: (83) 3033-8260 Tel: 0800 042 0525 contato@abraceesperanca.org.br

Notícias da Abrace

Fique por dentro de nossas novidades!

Nova descoberta mostra que a Cannabis reduz a pressão arterial para pessoas mais velhas

Por Rede Abracom

um novo estudo demonstrou que a cannabis pode reduzir a pressão arterial em adultos com 60 anos ou mais

O estudo, realizado por pesquisadores da Ben-Gurion University of the Negev (BGU), localizada em Israel e instituição parceira a Soroka University Medical Center, é o primeiro estudo a observar o efeito da Cannabis na pressão arterial, frequência cardíaca e parâmetros metabólicos em adultos com 60 anos ou mais com hipertensão. O estudo foi publicado no European Journal of Internal Medicine (https://www.ejinme.com/).

Efeitos fisiológicos da cannabis ao longo do tempo

Para o estudo, os pacientes foram avaliados por meio de monitoramento ambulatorial da pressão arterial de 24 horas, eletrocardiograma (ECG), exames de sangue e medições corporais antes e três meses após o início da terapia com cannabis.

Os resultados demonstraram uma redução significativa nos valores da pressão arterial sistólica e diastólica em 24 horas. O ponto mais baixo ocorreu três horas após a ingestão de cannabis por via oral por meio de extratos de óleo ou fumando.

O estudo mostra também que os pacientes apresentaram redução da pressão arterial tanto durante o dia quanto à noite, com alterações mais significativas à noite.

O Dr. Ran Abuhasira, da Faculdade de Ciências da Saúde BGU, de Israel, e do Instituto de Pesquisa Clínica BGU-Soroka Cannabis, disse: “Os adultos mais velhos são o grupo de usuários de cannabis medicinal que mais cresce, mas as evidências sobre a segurança cardiovascular para essa população são escassas. Este estudo é parte de nosso esforço contínuo para fornecer pesquisa clínica sobre os reais efeitos fisiológicos da cannabis ao longo do tempo.”

Os pesquisadores também sugerem que o alívio da dor proporcionado pela cannabis, para a qual a maioria dos pacientes com maconha recebe uma receita, também pode contribuir para a redução da pressão arterial.

Doug Seserman, diretor executivo da American Associates, Ben-Gurion University of the Negev, acrescentou: “A pesquisa sobre a cannabis está em seus estágios iniciais e a BGU está na vanguarda da avaliação do uso clínico com base em estudos científicos. Este novo estudo é um dos vários que foram publicados recentemente pela BGU sobre os benefícios medicinais da cannabis.”

As doações podem ser feitas pelo link http://www.benfeitoria.com/abracenaopodeparar

Deixe seu comentário