Importação de Cannabis medicinal cresce 93% em um ano: dados são da Anvisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), indicam que a importação de produtos à base de C4nn4b1s cresceu 93% nos últimos 12 meses. Óleos, pomadas, extratos e medicamentos estão entre produtos mais importados.

Entre julho de 2021 e junho de 2022, foram 58.292 pedidos atendidos. Já nos 12 meses entre julho de 2022 e junho deste ano, foram 112.731 autorizações, um aumento de 93%.

O crescimento chama atenção para uma tendência global de redescoberta dos princípios ativos da planta para fins medicinais. É importante ressaltar que várias pesquisas e estudos já confirmaram o potencial terapêutico da C4nn4b1s para doenças que vão desde epilepsia, Parkinson até ansiedade e depressão.

Em julho deste ano, a Anvisa suspendeu a importação da Cannabis in natura, mesmo para tratamentos de doenças. A Nota Técnica destacou que a suspensão serve para qualquer parte da planta. O uso de medicamentos feitos à base de C4nn4b1s não sofreu mudanças.

Últimas Publicações

SAC