Os riscos dos analgésicos opióides e os benefícios da Cannabis medicinal no combate as dores

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os riscos dos analgésicos opióides e os benefícios da Cannabis medicinal no combate as dores

Entenda como os efeitos anti inflamatórios e antioxidantes podem ser benéficos no combate a dor

Por Rede Abracom

A ciência já alerta para os riscos de ingestão de grande quantidade de analgésicos opióides usados para combater dores, pois eles podem causar sérios problemas de saúde. O Conselho de Farmácia do Estado da Bahia (CRF-BA) emitiu um alerta com os riscos que a ingestão desses medicamentos podem causar.

Na nota, o Conselho ressalta os riscos de dependência das medicações, restrições respiratórias e até mesmo overdose, em casos de uso frequente. O paciente que faz ingestão desse tipo de medicação pode ficar intolerante, tendo que aumentar ainda mais a dose da medicação, acelerando o risco à sua saúde.

O médico Gilberto Pannunzio aborda a opção terapêutica no uso da Cannabis no combate às dores, como um tratamento seguro e baixíssimas chances de reações adversas, diferentemente das medicações analgésicas opióides. “A Cannabis é uma ótima aliada para diminuir o uso de analgésicos e anti inflamatórios. Muitos pacientes conseguem suspender a ponto de não precisar usar mais nenhum analgésico e fazer seu tratamento apenas com a Cannabis”, relata o medico.

Sendo a Cannabis um tratamento natural, fitoterápico e com acompanhamento por um prescritor, as chances de sucesso na melhora dos sintomas e no combate às dores sem causar danos aos pacientes. Dr Pannunzio alerta para os cuidados que devem ser tomados com o uso de medicações analgésicas opióides.

“Medicamentos opióides não foram feitos para serem usados de forma contínua, anti-inflamatório principalmente, eles podem causar danos hepáticos no fígado e problemas renais”.

Diferentemente dos riscos que as medicações analgésicas opióides podem causar, a Cannabis além de agir diretamente no combate às dores, equilibra o corpo e a melhora do paciente pode ser ainda mais evidente. O médico destaca a ação dos compostos da Cannabis no sistema endocanabinoide e de como é possível ter melhor qualidade de vida com seu uso.

“É possível conseguir melhor resultado por conta do equilíbrio do Sistema Endocanabinóide (SEC) e pela ação anti-inflamatória e analgésica do CBD e do THC. As evidências mostram benefícios com derivados balanceados. Além de ajudar na melhora das dores, a Cannabis também reduz a ansiedade do paciente e equilibra o corpo todo, através da homeostase. É importante que a dose da Cannabis seja ajustada aos poucos para ver o quanto o paciente tolera”, informa o médico.

Diversas patologias podem ser tratadas com a Cannabis medicinal e reduzir a quantidade de medicações analgésicas opióides. O médico destaca os benefícios do CBD e THC no tratamento de hérnia de disco, dores neuropáticas, artrite e artrose, endometriose e fibromialgia.

Últimas Publicações

SAC