Presidente da Colômbia defende tornar comum plantio de Cannabis

Gustavo Petro sugeriu que a Cannabis seja equivalente a qualquer outra plantação, assim como batata ou milho

Por Rede Abracom

O novo presidente da Colômbia, Gustavo Petro, propôs tornar a Cannabis uma plantação comum, assim como qualquer outra planta, sem necessidade de licença especial. A ideia seria fazer como que o cultivo seja equivalente a batatas ou milho, por exemplo.

Petro falou sobre o assunto em uma reunião com prefeitos do sudoeste do país, onde estão localizadas as maiores plantações ilegais de maconha. A Colômbia legalizou a Cannabis medicinal em 2016 e várias empresas estrangeiras receberam licenças para produzir e exportar com este fim.

O uso recreativo continua criminalizado no país e o presidente também comentou o assunto. “Se vamos legalizar a Cannabis, vamos manter todas essas pessoas presas em prisões superlotadas ou é hora de libertar muitas pessoas? Eles foram criminalizados por algo que em boa parte nos Estados Unidos é legal”, afirmou na reunião.

Vários estados dos Estados Unidos têm a Cannabis legalizada, assim como acontece em diversos outros países. O presidente salientou que existe um grande potencial de exportação e abertura ao mercado internacional que podem gerar receitas e um impacto positivo na segurança do país.

Há algumas semanas, os parlamentares aliados ao Governo apresentaram um projeto de lei para regulamentar o uso adulto da Cannabis na Colômbia. Ainda não há data definida para o PL entrar em pauta na Câmara Nacional.

Todas as Publicações...

TRANSPARÊNCIA

Nos informe seus dados para que possamos te encaminhar nossa transparência.

OUVIDORIA

A Ouvidoria da Abrace tem como objetivo atender e solucionar os problemas relacionados aos diversos tipos de atendimento prestados

SAC