Prevenção é a melhor forma de agir contra o câncer de ovário

Neste 8 de maio é celebrado Dia Mundial do Câncer de Ovário, uma doença silenciosa em fase inicial

Por Rede Abracom

Por ser silencioso, o câncer de ovário é uma das neoplasias mais fatais. Nesta segunda-feira, 8 de maio, é celebrado o seu Dia Mundial com o objetivo de alertar as mulheres para os sintomas e a prevenção da doença.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que seis mil novos casos sejam diagnosticados por ano no Brasil. O desenvolvimento é considerado rápido e, por este motivo, descobrir o tumor na fase inicial é raro de acontecer. Em fase avançada, o câncer de ovário pode matar 50% das mulheres diagnosticadas.

Além disso, os sintomas costumam aparecer apenas após o crescimento. A mulher pode sentir dor, pressão ou inchaço do abdômen, náusea, indigestão, gases, prisão de ventre, diarréia e cansaço constante.

Dessa forma, é importante visitar o médico ginecologista anualmente para que os exames possam ser realizados. O tratamento pode ser cirúrgico ou com quimioterapia a depender do estágio em que o câncer se encontra e da idade da paciente.

A Cannabis pode ajudar amenizando os efeitos colaterais da quimioterapia. Os medicamentos costumam causa enjoo, cansaço e perda de peso, por isso o canabidiol pode ser utilizado para melhorar apetite e ajudar no descanso. É possível também diminuir as dores causadas pelo tumor, dando melhor qualidade de vida à paciente.

SAC