União terá que pagar tratamento com Cannabis para paciente

Uma paciente de João Pessoa conquistou o direito de ter o seu tratamento com Cannabis totalmente custeado pela União. Os produtos serão fornecidos pela Abrace

Por Rede Abracom

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) concedeu a uma paciente o direito de ter os produtos a base de Cannabis para o seu tratamento custeados pela União. A decisão é assinada pelo Juiz Federal Substituto da 1ª Vara/PB, João Pereira de Andrade Filho.

No despacho, o magistrado determina que os produtos devem ser de fornecimento da Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace). Ele ainda fixa o prazo de dez dias para que a União adote as providências necessárias para garantir o tratamento à autora.

A paciente conquistou também a tutela antecipada, o que lhe garante este direito antes mesmo de percorridos prazos de contestação e que o processo chegue ao fim de tramitação. O Juiz determinou que a intimação seja entregue à União com urgência.

Os demandados têm um prazo de 15 dias para apresentação de contestação ou para apresentar acordo. Caso seja realizada a contestação, a autora terá prazo também de 15 dias para impugná-la.

O tratamento com Cannabis Medicinal não é considerado de alto custo, mas como a mãe da autora, que é responsável por seu custeio, é beneficiária do Programa Bolsa Família, constando do CADÚNICO a informação de que sua família está na faixa de até um salário mínimo para a renda familiar total, foi visto o indício suficiente da impossibilidade de arcar com o tratamento.

A paciente sofre de epilepsia desde a infância, com deficiência intelectual e crises generalizadas. Ela já fez uso de diversos medicamentos fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS),

Todas as Publicações...

TRANSPARÊNCIA

Nos informe seus dados para que possamos te encaminhar nossa transparência.

OUVIDORIA

A Ouvidoria da Abrace tem como objetivo atender e solucionar os problemas relacionados aos diversos tipos de atendimento prestados

SAC